Desconto ipva atrasado mg 2018


O imposto incide sobre 9,7 milhões de ganhe pontos visa veículos emplacados até 20 de outubro deste ano.

Já os ganhar dinheiro trabalhando na internet gratis servidores e pensionistas que tiveram o pagamento do calcular desconto imposto de renda benefício de fim de ano escalonado em quatro parcelas (19/1, 19/2, 19/3 e 19/4/2018 poderão quitar o ipva e o Seguro Dpvat até o dia 19 de abril de 2018, em cota única, com.
A escala segue sempre com dois finais de placa por dia, até a próxima terça-feira (16).Até esta data também deverá ser quitado o Seguro Dpvat.Publicado EM 29/12/17 - 19h37, ricardo Corrêa, com os salários parcelados desde janeiro de 2016, e o 13 atrasado e pago em até quatro vezes, os servidores públicos de Minas Gerais ganharam mais prazo para quitarem o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (ipva).De acordo com a Secretaria de Fazenda, o valor emitido do ipva para 2018 é de R 5,12 bilhões.Caso seja observada a incidência de multa ou juros ao tentar pagar apenas com o número do Renavam, o servidor pode emitir uma guia no site da SEF, que sairá com as novas datas atualizadas.No caso dos outros servidores do Estado, que tiveram o 13 salário parcelados em quatro vezes, com pagamentos a serem efetuados de janeiro a abril, o prazo para a quitação do ipva também só começará a contar a partir do momento que todo o dinheiro.As guias de arrecadação do ipva 2018 podem ser emitidas no site da Secretaria de Estado de Fazenda, nas Repartições Fazendárias ou nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI).A multa para quem atrasar o pagamento do imposto é de 0,3 até o 30 dia.Os juros também são calculados pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (selic).(Foto: O Vigilante Online).
A tabela completa está disponível no site.
A mudança também contempla o benefício criado pelo governo de Minas para o próximo ano, que prevê um bônus de 3 de desconto no ipva do ano seguinte para quem quitar o imposto nos prazos de vencimento por dois anos consecutivos, seja à vista.
Como nos anos anteriores, quem pagar à vista tem 3 de desconto.
O conteúdo continua após o anúncio.
Doutor Simeão de Faria, 1340, São Judas Tadeu CFC MCM (Rua Dom Silvério, 216, Alto dos Passos) e CFC Brasília (Rua Espírito Santo, 662, Centro).O valor emitido do ipva para 2018 é de R 5,12 bilhões para um total de 9,7 milhões de veículos emplacados até 20 de outubro deste ano.Os servidores e pensionistas que se enquadram nos critérios do decreto poderão fazer o pagamento do ipva e do Seguro Dpvat normalmente, até as novas datas-limites estabelecidas (31 de janeiro ou 19 de abril de 2018, conforme o caso nos agentes arrecadadores credenciados ou no internet.Deusdedit Salgado, 1226, Teixeiras CFC Delgado e Filhos (Av.Já em caso de atraso da trlav, a multa é de 0,15 ao dia até o 30 dia, 9 do 31 até o 60 e 12 a partir do 61 dia.O Detran-MG ressalta que os custos da operação estão sujeitos aos juros praticados pelo mercado e variam conforme a opção de parcelamento escolhida pelo cidadão, que será informado no momento da transação sobre os valores.Em Juiz de Fora, cinco Centros de Formação de Condutores (CFC) foram credenciados para receber os pagamentos de impostos, multas e outros débitos incidentes sobre veículos por meio de cartão de débito e crédito, inclusive com a possibilidade de parcelamento. .Os servidores e pensionistas que se enquadram nos critérios do decreto poderão fazer o pagamento do ipva e do Seguro Dpvat normalmente, até as novas datas-limites estabelecidas (31 de janeiro ou 19 de abril de 2018, conforme o caso nos agentes arrecadadores credenciados.Já a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (trlav no valor de R 92,66, vence no dia 2 de abril para todos os motoristas.No entanto, a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) recomenda a quem quiser pagar o débito fora da escala convencional, porém antes das novas datas estabelecidas no decreto, ficar atento à cobrança de multa e juros.A primeira parcela vence no dia 10 de janeiro para os proprietários de veículos com placas de final 1.A novidade anunciada pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) nesta segunda-feira (4/12) é um desconto extra, que será concedido a partir de 2019.


[L_RANDNUM-10-999]
Sitemap